O vulcão de La Palma

vulcão de la palma 2

No passado sábado, dia 14 de novembro de 2021, chegamos a La Palma , uma das ilhas do arquipélago das Canárias, no Oceano Atlântico, e que “cresceu” a partir de um vulcão submarino a 4 000 metros abaixo do nível do mar.

Pelas suas incríveis paisagens, pelos seus bosques profundos, pelas suas praias acolhedoras e pelos céus cheios de estrelas, esta ilha é conhecida como a”La isla bonita”.

Mas não foi o clima ameno nem um fim de semana balnear que nos levaram até estas paragens…

Às 15h12, hora local, do dia 19 de setembro deste ano o vulcão Cumbre Vieja, há 50 anos “adormecido”, decidiu mostrar-se… o magma ascendente abriu várias fissuras dando origem a erupções continuas que se mantêm há quase três meses!

E foi poder ver este fenómeno com os nossos próprios olhos que nos levou até lá…

Após o desabamento do flanco norte do cone vulcânico do vulcão de La Palma em meados de outubro decidimos ir! E, sabendo quão efémero estes fenómenos podem ser, foram mais de 3 semanas “de sofrimento”, a acompanhar a evolução e sempre receando que lá chegados apenas pudéssemos ver marcas do que tinha acontecido, já não o vulcão em plena atividade.

Não fosse a onda de destruição que já causou, com mais de 7 mil pessoas desalojadas, e diríamos que este é um dos espetáculos mais incríveis da natureza.

Lava com temperaturas superiores a 1000 graus projeta-se em direção ao céu, atingindo alturas inacreditáveis!

E depois flui lentamente encosta abaixo a aventurar-se em direção ao mar.

vulcão de la palma

Rios entrelaçados correm pelas fissuras das rochas derretidas como se fossem sangue a sair duma ferida aberta.

AVASSALADOR

Os rugidos do vulcão de La Palma, vindos das entranhas da Terra, são o ruído de fundo deste espetáculo que nos faz arrepiar…#respect

A ilha cresce, como se estivesse viva… á nossa frente, testemunhamos a chegada da lava ao mar, criando nova terra, solo virgem, intocado, o mais jovem território do mundo!

Que privilégio lá ter estado…

Mas o fogo que cria também destrói…

Casas, terrenos agrícolas, florestas e estradas inteiras foram arrasadas, engolidas. Localidades inteiras já desapareceram e várias outras continuam ameaçadas.

Depois vieram as cinzas… uma chuva de cinzas finas põe em causa culturas, enterra estradas e propriedades, isto para além de fazer adensar as preocupações acerca da qualidade do ar.

Uma palavra de solidariedade para com as pessoas com que nos fomos cruzando, alheias aos nossos olhares fascinados por algo que lhes destruiu as vidas #fuerzalapalma ❤️

O “bem ” e o “mal” patente aos nossos olhos: de um lado o poder destrutivo á escala humana, mas ainda assim o sinal de que o planeta vive… e só graças a isso nos é possível habitá-lo!

GUIA PRÁTICO

Como chegar?

Para chegar a La Palma, fizemos dois voos: Porto /Madrid e Madrid/La Palma.

Fazemos sempre a pesquisa dos voos no Skyscanner pois assim ficamos com uma visão global dos preços praticados pelas diversas companhias aéreas e dos horários disponíveis.

E como explicamos no nosso artigo “Como comprar voos baratos” após esta busca fomos diretamente á companhia aérea fazer a reserva. Desta vez usamos a IBÉRIA para ambos os voos, quer na ida, quer na volta.

Como só tínhamos o fim de semana para esta viagem tivemos que fazer alguns sacríficos …

Voamos sexta feira depois de sairmos do trabalho até Madrid, ficamos alojados nessa noite no Hotel Madrid Alameda Aeropuerto, Affiliated by Meliá uma vez que este dispõe de um serviço gratuito de shuttle de ida e volta para o aeroporto e está a apenas 10 minutos de distância, e apanhamos o primeiro voo da manhã de sábado para La Palma. Isto implicou colocar o despertador para as 5 horas da manhã (hora local)!

No regresso, tivemos que fazer algo semelhante de forma aproveitar ao máximo o dia de domingo na ilha: voltamos a Madrid no voo das 18:40 tendo aterrado por volta das 23:00 (perdendo 1 hora de fuso horário el relação ás Ilhas Canárias) e seguindo logo para o mesmo hotel. Com o despertador mais uma vez programado para as 5 da manhã de segunda feira, reservamos o primeiro voo para o Porto onde chegamos ás 7:30 da manhã, seguindo diretos do aeroporto para trabalhar! Tudo isto para poder ver ao vivo o vulcão de La Palma!

Onde ficar?

A nossa escolha número 1 é utilizar o Booking.com.

Temos reservado através desta plataforma por todo o mundo e não podemos estar mais satisfeitos. NUNCA tivemos qualquer tipo de problema. Por isso, independentemente do tipo de alojamento que escolherem para a vossa estadia recomendamos que reservem aqui sem receios.

Booking.com

A nossa escolha recaiu como já acima referimos para o Hotel Madrid Alameda Aeropuerto em Madrid e na ilha de La Palma ficamos alojados no Hotel H10 Taburiente Playa.

Não foi fácil nesta altura conseguir alojamento em La Palma.

Há muitos alojamentos que estão alocados aos desalojados das zonas atingidas pelo vulcão de La Palma e o turismo ao fim de semana para ver o vulcão em erupção tem lotado as alternativas existentes nesta pequena ilha não muito habituada a tanta procura!

Mas acabamos por ficar muito bem servidos! Junto ao mar, numa localização com diversos restaurantes nas imediações, perto da cidade principal de Santa Cruz e do aeroporto, o hotel de 4 estrelas tem umas excelentes e instalações, um ótimo pequeno almoço e uma piscina que mesmo em novembro nos pareceu bem tentadora…

Em alternativa ao “típico” Hotel, poderão alugar um alojamento para férias e assim tirar partido de comodidades que um hotel não oferece, como cozinhas para preparar refeições, espaços de lazer privados e muito mais. Se essa for a vossa opção então na Vrbo, poderão sempre encontrar uma casa de férias para alugar à vossa medida, seja qual for o vosso orçamento ou destino de viagem, e usufruir de pagamentos seguros, apoio permanente e um processo de reserva simplificado

Como viajar seguro?

Este não é um conselho! É mesmo um “investimento” que consideramos OBRIGATÓRIO…

Nunca se esqueçam de fazer o seu SEGURO DE VIAGEM… Nós fazemos sempre!

Viajar é a nossa paixão, um momento muito esperado e planeado e por isso, nada melhor do que embarcar tranquilo! Assim, fazer um seguro viagem dá-nos a segurança de que caso algum imprevisto aconteça, como o extravio de alguma mala ou mesmo a necessidade de assistência médica, não teremos que nos preocupar com dinheiro e burocracia.

E neste caso concreto, com um vulcão em plena atividade por perto, nem pensamos 2 vezes!!!!!

Fazemos sempre comparação de preços/condições da apólice nestas duas companhias de seguros especializadas em seguros de viagem, em função do destino pretendido. Façam como nós e escolham o melhor seguro de viagem…

Simulação AQUI


Todos os textos são da autoria de Olga Samões e todas as fotografias deste blogue são da autoria de José Carlos Lacerda, exceto onde devidamente identificado. Proibida a reprodução de quaisquer textos e/ou imagens sem autorização prévia dos autores

Este artigo poderá conter links de afiliados. O que são ?  

Ao fazerem reservas pelos links do nosso blogue NÃO vão pagar MAIS por isso e nós ganhamos uma pequena comissão dada pela entidade pela publicidade que lhe fazemos.


Leave a Reply