Chipre – A ilha de Afrodite

A meio caminho entre a Europa e a Ásia, com um verão cálido propício para desfrutar das suas bonitas praias banhadas pelo Mediterrâneo, fomos em julho até ao Chipre para umas tradicionais férias balneares!

Passámos uns dias de puro relax na zona de Agia Napa ou Ayia Napa, cidade turística, situada perto de Larnaca onde aterramos num voo vindo de Atenas e onde pudemos desfrutar das suas praias de areia dourada e águas cristalinas.

O hotel escolhido em regime de tudo incluído foi o Dome Beach Hotel & Spa com acesso direto quer á sua praia privada com serviço de espreguiçadeiras e guarda sol quer á praia de MaKronissose a dois passos da famosa Nissi Beach, mais lotada de turistas

Link hotel – https://www.booking.com/hotel/cy/dome-beach-amp-resort.pt

Para além disso durante o dia abundam as atividades náuticas, como o mergulho ou o snorkel e à noite restaurantes, bares e parque de atrações fazem as maravilhas de crianças e graúdos! É diversão garantida…

Mas não resistimos “ao chamamento” da nossa veia exploradora!!! Tínhamos também que conhecer um pouco esta ilha que após a ocupação da parte Norte pela Turquia em 1974, a dividiu pela denominada “Linha Verde”, patrulhada por tropas turcas e gregas e por soldados da ONU.

Fomos até á capital, Nicósia, a única capital dividida do mundo após a queda do muro de Berlim.

Começamos pela cidade Velha, uma rede de becos e ruelas que nos orientam através de casas coloniais em ruínas e igrejas ortodoxas.

Atravessamos a fronteira para o norte turco, passando pelo posto de Ledra Street e pela zona neutra

E “do lado de lá” iniciamos uma viagem para a cultura muçulmana, cheia souks onde vagueamos pelas estreitas ruas repletas de falsificações para todos os gostos até à Mesquita Selimiye, outrora uma catedral gótica do século XIII …

… para pouco depois regressar de novo á união europeia, aos preços fixos, e as lojas de franchise internacional, percorrendo o centro da cidade ou “Laiki Yitonia”.

Fomos ainda conhecer as muralhas da cidadela, cujo contorno constitui o logótipo distinto de Nicósia.

O Chipre é conhecido como a Ilha de Afrodite, a deusa do amor e da beleza, que, segundo reza a lenda, aqui terá nascido!

Numa pequena praia uma pedra preta semi-circular emerge da água a poucos metros da costa e aqui começa a história: Gaia (mãe terra) pediu a um de seus filhos, Cronus, para mutilar seu pai, Urano (Céu)…. Cronus cortou os testículos de Urano e lançou-os ao mar! Então apareceu uma espuma branca e surgiu uma donzela, Afrodite.

Atravessámos todo o Sul da ilha para chegar até lá… e após um banho nestas águas mitológicas com a “Aphrodite’s Rock” em pano de fundo, a missão era encontrar uma pedra em forma de coração para cumprir a profecia de termos encontrado o amor eterno !!!

⭐⭐⭐⭐⭐

Todos os textos são da autoria de Olga Samões e todas as fotografias deste blog são da autoria de José Carlos Lacerda, exceto onde devidamente identificado. Proibida a reprodução de quaisquer textos e/ou imagens sem autorização prévia dos autores

Este artigo poderá conter links de afiliados. O que são ?  

Ao fazerem reservas pelos links do nosso blogue NÃO vão pagar MAIS por isso e nós ganhamos uma pequena comissão dada pela entidade pela publicidade que lhe fazemos.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s