City Breaks – BUDAPESTE

Budapeste…foi o lugar escolhido para ir no fim de semana da passagem de ano de 2018 para o atual 2019! Nada como passar o ano a viajar!

E em pleno inverno, o frio intenso que se fez sentir não lhe retirou o encanto…monumental, histórica, de arquitectura nobre e imponente, não parece, aos olhos de hoje, que foi tão bombardeada durante a II Guerra Mundial. 

Cortada pelo Rio Danúbio que a divide em duas áreas: Buda, área mais histórica e Peste, mais moderna, mais agitada, é uma cidade de contrastes, onde o Leste e o Ocidente coabitam harmoniosamente!

Ficamos hospedados num apartamento mesmo no centro, numa avenida pedonal (Váci utca, 42) perto de tudo e que recomendamos a 100%… VÁCI MIDTOWN APARTMENTS

Começamos pela primeira, subimos o famoso funicular até ao Buda Castle, uma zona privilegiada que, fruto da sua localização no alto de uma colina, oferece uma das mais deslumbrantes vistas sobre toda a metrópole.

Caminhamos pelas ruas empedradas do bairro do Castelo até ao Fishermen’s Bastion e à Igreja de São Mateus ficando bem de frente para o x-líbris da capital húngara: o seu Parlamento.

Já do lado de Peste, visitamos o Memorial “sapatos às margens do Danúbio”, discreto mas de uma força que não exige maiores explicações: símbolos de uma tragédia, memórias de um triste episódio da história húngara em que cerca de quatro mil cidadãos de Budapeste (principalmente de origem judaica) foram mortos pelo partido fascista da Cruz em Seta (Nyilaskeresztes Párt) durante a II Guerra Mundial. As vítimas foram baleadas na margem do rio para que os corpos caíssem à água e fossem levados pela corrente. Antes de serem baleados, recebiam ordens para tirar as roupas e os sapatos – ato esse que é referido no memorial.

Como esta viagem foi marcada à “última da hora” já não fomos a tempo de reservar a entrada no parlamento, caso contrário teria sido esse o nosso destino seguinte.

Fica aqui o link para quem queira apenas reservar os bilhetes para o parlamento: Bilhetes parlamento

Mas a nossa sugestão (aquilo que tentamos fazer, sem sucesso!) é comprar esses bilhetes em conjunto com um cruzeiro no Danúbio… Bilhetes combinados

Sem essa possibilidade, acabamos o dia entre os mercados de Natal junto á igreja de Santo Estevão e à praça Vörösmarty entre chalés de madeira, semelhantes ao chalés de montanha e especialidades culinárias da Hungria… pão húngaro (lángos), salsichas grelhadas (kolbasz), carne grelhada (Pecsenye), o fudge, o Bejgli (doces típicos de Natal cheias de sementes de papoula ou nozes e passas), o Szalon cukor (chocolates para pendurar recheado com marzipan, geléia de frutas ou baunilha), strudel húngaro (Rétes), biscoitos de gengibre, castanhas assadas, vinho Tocai, aguardente de damasco e vinho quente (Forralt bor) aromatizado com mel, canela, cravo e cana-de-açúcar… o difícil é escolher mas não percam o vinho quente que para além de delicioso faz esquecer as temperaturas agrestes da cidade !!!!

Uma visita a Budapeste não fica completa sem desfrutar das águas termais de um banho público…junto à Praça dos Heróis passamos a manhã nas mais belas piscinas ao ar livre da cidade: as termas de Szechenyi. É uma experiência imperdível percorrer as suas salas por entre colunas de pedra e nadar nas piscinas exteriores sentindo o contraste do frio gelado do ar de Budapeste com os 36 graus da água fazendo o vapor pairar sobre as nossas cabeças!

Para evitar as extensas filas para a aquisição das entradas optamos pela compra prévia – bilhetes termas Szechenyi

Regressamos á Praça, rodeada de edifícios históricos, duma pista de gelo de vários espaços verdes para terminar a bordo dum cruzeiro no Danúbio para mais uma vez contemplar a beleza desta cidade! Bilhetes cruzeiro Danúbio

E preparar-nos para uma passagem de ano diferente, na emblemática praça Vörösmarty!

⭐⭐⭐⭐⭐


Todos os textos são da autoria de Olga Samões e todas as fotografias deste blog são da autoria de José Carlos Lacerda, exceto onde devidamente identificado. Proibida a reprodução de quaisquer textos e/ou imagens sem autorização prévia dos autores


Este artigo poderá conter links de afiliados. O que são ?  

Ao fazeres reservas pelos links do nosso blogue NÃO vais pagar MAIS por isso e nós ganhamos uma pequena comissão dada pela entidade pela publicidade que lhe fazemos.


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s