Giro Italiano – PISA e LUCCA

PISA

A cidade de Pisa é uma das “jóias da coroa” de itália, mundialmente conhecida pela sua torre inclinada.

Após transpor o portão da antiga muralha medieval, chegamos à “piazza dei miracoli” que concentra a mais inesperada paisagem…o contraste entre o verde da relva e o branco do mármore da reluzente catedral e da sua famosa torre inclinada fica na retina!

Como dispunhamos de pouco tempo resolvemos visitar por dentro apenas a Catedral e o Camposanto. bilhetes – https://www.tiqets.com/en/pisa-c260935/baptistry-sinopie-museum-graveyard-cathedral-fast-track

O Camposanto é um cemitério monumental que tem este nome porque, segundo reza a lenda, foi construído em volta de solo trazido de um navio da Terra Santa. Para além duma coleção de estátuas de mármore, esculturas e sarcófagos, podemos caminhar entre os túmulos, alguns com esculturas elaboradas com os nomes de cidadãos célebres de Pisa.

A beleza da Catedral de Santa Maria Assunta é estonteante refletindo diferentes culturas e estilos. O “Grifo de Pisa” que é uma cópia de uma escultura de bronze trazida de uma batalha vitoriosa de Pisa é exibido com orgulho no seu topo!

O interior da Catedral é igualmente divino. O teto é decorado a ouro e tem o brasão da família Medici.

Acredita-se que Galileo formulou a sua teoria do pêndulo lá mesmo, ao reparar no movimento do incensário.

O ponto alto da visita é o altar, decorado com lindos afrescos e um elaborada imagem de Jesus.

O Battistero é o belíssimo prédio em formato oval que domina a paisagem. Com estátuas impressionantes, cuidadosamente posicionadas no exterior do prédio, chama atenção pela sua riqueza de detalhes.

A Torre de Pisa dispensa apresentações…

Vê-la ao vivo causou-nos uma sensação engraçada, uma espécie de déja vu, como se já lá tivéssemos estado, tantas foram já as fotos que já vimos dela!

A sua inclinação tem origem em erros no projeto e ao solo pouco estável da região, próxima do mar: o peso da estrutura fez com que a torre começasse a inclinar e assumir a tão famosa posição que tem hoje. Tem 56 metros de altura no lado mais alto, e 294 degraus que levam ao topo.

Não subimos à torre mas fica aqui o link para quem o queira fazer… as filas para a sua aquisição no local são grandes pelo que se aconselha a aquisição prévia – LINK: https://www.tiqets.com/en/pisa-c260935/the-leaning-tower-of-pisa-fast-track

LUCCA

As Muralhas são um elemento característico que tornaram Lucca famosa no mundo inteiro, abrigando as belezas da cidade. Rodeada de mata virgem em volta é possível ver ao longe as duas torres principais: a Torre Giunigi e a Torre das Horas.

Entrando no centro histórico da “cidade das cem igrejas”, passeamos entre a sua Catedral, dedicada a São Martinho e a famosa Praça do Anfiteatro, um dos principais lugares da cidade. Soube a pouco está fugaz visita que nós fez recuar a tempos medievais mas tivemos que regressar à estrada rumo a Florença.

⭐⭐⭐⭐⭐

Todos os textos são da autoria de Olga Samões e todas as fotografias deste blog são da autoria de José Carlos Lacerda, exceto onde devidamente identificado. Proibida a reprodução de quaisquer textos e/ou imagens sem autorização prévia dos autores

Este artigo poderá conter links de afiliados. O que são ?  

Ao fazerem reservas pelos links do nosso blogue NÃO vão pagar MAIS por isso e nós ganhamos uma pequena comissão dada pela entidade pela publicidade que lhe fazemos.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s